sábado, 3 de novembro de 2012

O acordo Disney/Lucasfilm e o futuro de Indiana Jones


Com a inflação corrigida, os quatro filmes de Indy arrecadaram aproximadamente 1.9 bilhões de dólares nas bilheterias dos EUA. Em 2008, após uma espera de 19 anos, Caveira de Cristal provou que a franquia ainda tinha fôlego e arrecadou 789 milhões de dólares ao redor do mundo. Se a Disney está tão ansiosa para reviver Star Wars mais uma vez, o estúdio não estaria interessado em manter Henry “Indiana” Jones, Jr. nas telas? Afinal, a Disney já possui duas atrações de Indy imensamente populares em seus parque temáticos: The Indiana Jones Adventure na Disneylândia da Califórnia e Indiana Jones Epic Stunt Spectacular no Hollywood Studios em Orlando. Um novo filme de Indiana Jones deveria ser natural, certo?

Leia Mais...

Bem, não é tão simples. Durante uma conferência de acionistas na terça-feira, o chefe da Disney Bob Iger disse que havia "algum ônus" para monetizar Indiana Jones. "Há algum ônus com Indiana Jones, em grande parte com a Paramount. Mas eu diria que, no geral, o que temos aqui são muito menos ônus para chegar ao valor do que existia quando compramos a Marvel. Nós não atribuímos um valor para a franquia Indiana Jones quando avaliamos a Lucasfilm por causa dos empecilhos que existem. Nós amamos a franquia, a propósito, mas não foi fatorada na equação, por assim dizer, nesta aquisição".

A EW confirmou que a Paramount Pictures, até então a casa exclusiva da franquia em Hollywood, detém os direitos para distribuir quaisquer futuros filmes de Indiana Jones, bem como todos os direitos (de distribuição de DVD / Blu-ray) para os últimos quatro filmes de Indy. Isso por si só não impediria que um quinto Indiana Jones aconteça - a Paramount detém os direitos de distribuição semelhantes para várias franquias da Marvel Studios. Quando procurado pela EW, um porta-voz da Disney disse que o estúdio não poderia comentar mais sobre o acordo até que termine o processo de regulatório. Mas ainda há outros fatores.

Steven Spielberg está cansado de dirigir a ação. O diretor de Indiana Jones não fez nenhum comentário sobre o negócio Disney/Lucasfilm quando procurado pela EW, mas em sua recente entrevista ao 60 Minutes para promover a Lincoln, o cineasta deixou claro que a emoção dirigir uma seqüência de ação havia desaparecido nele. "Eu sei que poderia fazer cenas de ação dormindo mas nesse ponto da minha carreira, da minha vida, a ação não me atrai mais". Dado que os filmes de Indiana Jones são em seu essência historias de ação-aventura, esta não é uma declaração muito animadora. Mas Spielberg não está abandonando o gênero de ação - o próximo filme que irá dirigir é Robopocalypse, considerado o título com mais ação da carreira de Spielberg.

O produtor Frank Marshall acha que Caveira de Cristal foi "o último suspiro". Ao fazer as coletivas de imprensa para o filme The Bourne Legacy, o produtor Frank Marshall disse à Collider que ele acha que Reino da Caveira de Cristal foi "o último suspiro" da franquia. Ele acrescentou que o principal cérebro criativo de Indy - Spielberg, Lucas, Harrison Ford, e ele mesmo - ainda "conversam" sobre um quinto filme. "Mas não há nenhuma ideia [para uma história]; não há MacGuffin". A propósito, a esposa de Marshall é Kathleen Kennedy, a nova presidente da Lucasfilm.

Harrison Ford tem 70 anos. No entanto, ele ainda se sairia melhor do que muitos homens com metade de sua idade (ou menos). Ele certamente estava em forma quando fez Caveira de Cristal, há cinco anos, e ele ainda é uma estrela de cinema em atividade, com o lançamento de três grandes filmes agendados para o próximo ano. Mas o tempo está passando.

Shia LaBeouf está "farto" de filmes de grande orçamento. Em 2008, as preocupações com o avanço da idade de Ford foram discutidos após Caveira de Cristal colocar LaBeouf como o herdeiro aparente para a franquia. No início deste ano, no entanto, LaBeouf anunciou que ele estava "farto" de fazer filmes comandados por estúdios, dizendo que "não há espaço para ser um visionário no sistema de estúdio - que, literalmente, não deveria existir". Some-se a isto o pedido de desculpas de LaBeouf há dois anos para o não-bem-recebido Caveira de Cristal - "[Spielberg] já fez muitos grandes trabalhos que não há necessidade para ele se sentir vulnerável sobre um filme. Mas quando você deixa a bola cair, você deixar a bola cair"- e ao que parece, o futuro do ator na franquia não está exatamente claro.

Naturalmente, todos esses obstáculos podem ser superados se um roteiro incrivel inflamar a imaginação dos guardiões do legado de Indiana Jones. Mas com Spielberg ocupado em outras coisas e a Lucasfilm focada na expansão do universo Star Wars, o chapéu de Indy pode ficar pendurado na prateleira por um longo tempo.

Fote: EW

0 comentários:

Postar um comentário

 

©2009/2013 Indiana Jones Brasil - Alguns direitos reservados | Nomes, imagens e outros são marcas registradas dos seus proprietários.